Linha do tempo de mortos e feridos nos protestos – CMI-Rio

sobre

 

Este é um site colaborativo que busca dar visibilidade a casos de violência ocorridos a partir de junho de 2013, durante manifestações populares. Ao contrário da visibilidade seletiva da mídia corporativa, para a qual certas vidas valem mais que outras, propomos aqui um esforço coletivo para trazer à tona rostos e nomes desconhecidos, agredidos, feridos ou mesmo mortos em decorrência do uso da força pelo Estado.
 Mesmo atingindo números alarmantes, entendemos que os casos reunidos aqui serão sempre uma pequena amostra, e que o trabalho é contínuo, já que a cada nova manifestação, assistimos a novos episódios violentos. Entendemos também que todos os casos de violência ocorridos nesse contexto, seja contra manifestantes, jornalistas, policiais ou passantes, são resultantes da insistência do Estado em reprimir os movimentos sociais.

Quantas mortes tolera a governamentabilidade?

 
CMI-Rio
Centro de Mídia Independente do Rio de Janeiro

  Acompanhe também no Facebook

colaborar

 

Se você sofreu alguma violência ou conhece alguém que
sofreu, e gostaria de colaborar com o site, preencha o formulário ao lado.

Política de Privacidade
A plataforma não exige nenhuma identificação, tampouco coleta de dados do usuário que submete informações sobre casos de ferimentos ou mortes nos protestos.
Já o mapeamento parte de informações públicas, portanto,
o envio de casos pelo formulário do site implica na concor-
dância da reutilização e republicação destes dados, seja
para fins de visualização na linha do tempo, seja para análise das informações em contexto mais amplo.

Para críticas, sugestões ou outras formas de colaboração,
envie e-mail para: cmi-rio@riseup.net